sexta-feira, maio 02, 2008

“SONHAR É DESTINO”


Acho que não é difícil lembrar de nossa infância como se fosse um sonho.
E que, em algum momento deste sonho talvez você tenha tirado a sorte, e alguém deva lhe ter dito: “sonhar é destino”. A frase é simples de tão curta, e ao mesmo tempo real, de tão verdade. A mesma frase funciona como uma senha para um filme, ou melhor, uma animação intitulada Waking Life, que um amigo me apresentou.
O filme relata o dia-a-dia de um jovem que não consegue acordar de um sonho, passando a encontrar pessoas da vida real em seu mundo imaginário, com quem têm longas conversas sobre os vários estados da consciência humana permeadas por discussões filosóficas e religiosas.
Já adianto uma dupla vertigem: não conseguir despertar, e acompanhar o raciocínio de um biólogo, um filósofo, um ativista político, entre outras pessoas, que descarregam suas afirmações, posições, delírios; enfim, informações sobre filosofia deste a antiguidade até a pós-modernidade, dentre outras áreas do saber.Há uma sensação de que estamos sonhando, mesmo acordados.
E desconfiamos da materialidade das coisas, que estariam atendendo apenas às nossas convenções, aos nossos padrões de organização social.
Há uma investigação severa sobre nossas reações mais humanas, nossas relações complicadas, nosso consumo, nossos estados da alma: buscas, encontros, perdas, racionalidade, tentativa de se encontrar e se justificar, respostas que buscamos. Respostas que parecem um mosaico montando um espelho apenas – o da vida em sociedade – que jamais será entendido. Jamais!
Relembrando Matrix e o seu mundo irreal construído por grandes computadores, Waking Life trata de uma viagem só, sem “pílulas vermelhas ou azuis”. É um filme sobre o estado de sonho, em que se desperta e se adormece sem abandonar este estado, como se a existência fosse o próprio sonhar, porque não?
Assistam WL acordados, mas permitam o sonho antes, durante e depois do filme, principalmente depois...

Nilson Ares

Título Original: Waking Life
Gênero: Animação
Tempo de Duração: 97 minutos
Ano de Lançamento (EUA):
2001
Site Oficial: www.wakinglife.com
Estúdio: Detour Film Production / Independent Film Channel / Line Research / Thousand Words
Distribuição: 20th Century Fox Film Corporation
Direção: Richard Linklater
Roteiro: Richard Linklater
Produção: Tommy Pallotta, Jonah Smith, Anne Walker-McBay e Palmer West
Música: Glover Gill
Fotografia: Richard Linklater e Tommy Pallotta
Direção de Arte: Bob Sabiston
Edição: Sandra Adair

9 comentários:

S. Farias disse...

como me prometeu...quero uma cópia...valeu.

Marcio Elias disse...

segundinho!

valeu!

Alexandre disse...

"Lembra que o sonho é sagrado e alimenta de orizonte o tempo acordado de viver."
Beto Guedes.

Marcio Elias disse...

falando em conversa entre biólogo, filosofo, politico, lembrei do Ponto de Mutação, vcs já assistiram?

Alexandre disse...

queria arrumar pra assitir de novo.
Quem tem??

Anônimo disse...

acho que sei quem tem em vhs...deve ter no youtube...piquis...sua vez
SFA

Anônimo disse...

Eu tenho em VHS

abraços

Charles

Alexandre disse...

Demorô então!!!
Coronel

Marcio Elias disse...

demorô então passa pra dvd!