sábado, outubro 31, 2009

mar

é como se o mar
tivesse passado por nós
molhando nossos pés ligeiros
por um novo deitar na areia

ainda não passou
e eu espero novas águas
que pulsem nas ondas do mar
transbordando nossa casa

águas, águas. passem

5 comentários:

R.Ceni disse...

É direito de resposta do TSE ou muro das lamentações de Jerusalém? De qualquer forma se o Obina deu a volta por cima, porque vc não? Que deus lhe acompanhe filho..

Marcio disse...

aff... com um pseudônimo desse não dá pra esperar muita coisa, R. Ceni???

vocês já viram o disco/dvd da Bêthânia que só tem músicas sobre água? é lindo demais hein, chama "dentro do mar tem rio".
gostei do poema, Nelinho.

He disse...

É doce morrer no mar
Nas ondas verde do mar

Anônimo disse...

belíssimo chará!!

Maria, Simplesmente disse...

Bem bonito. Pena que tenho algumas limitações na vida, uma delas é não compreender poesia, preciso de tradutor. Como o Google ainda não oferece esse serviço, gostei da estrutura ... e do mar.
Mas espero que a água que invada sua casa não seja de Tsunami...