domingo, setembro 16, 2007

Mito e logos


Podemos afirmar com precisão que a filosofia nasce à partir do momento que o homem deixa de explicar as coisas através dos deuses e busca através da razão entender o mundo.
Essa centelha da razão dada pelos gregos foi e até hoje é importante para repensarmos nossas crenças nos Mitos.
Tales de Mileto, pai da filosofia grega, colocou como elemento primordial a água como o arqué ( princípio de todas as coisas) de onde veio tudo que há. Pelas características que ela possuí e suas possívieis transformações.
Mas o que foi e é ainda tão inovador no pensamento de Tales? É que ele remove do céu a explicação e a traz para terra a origem do homem. Essa pequena chama acesa deu toda essa parafernália de idéias que conhecemos hoje na filosofia ocidental.
Até então, os gregos usavam a mitologia para explicar a realidade, o que é extremamente louvável , pois também dá sentido e acalma a existência. Afinal, como viver sem dar sentidos à realidade. Não há cultura que não tenha dado uma explicação à origem do universo que não tenha passado pelo viés mitologico.
Os mitos morrerram ? Não, eles estão mais vivos do que nunca e a própria sociedade moderna os cria. Veja por exemplo, o médico que aparece na televisão com sua roupa branca mostrando como tal remédio e eficaz para a saúde e não questionamos; ou ainda quando um professor faz uma colocação em sala que não nos possibilita o questionamento. O que estamos senão criando novamente o mito , por sinal extremamente poderoso.
A filosofia é a pulga a coçar a cabeça impedindo o estado de tranqüilidade do mundo e isso foi porque num dado momento não aceitou uma explicação mitológica e por outro lado aceitou-se ser questionada por todos.

Tito , O Frei.


7 comentários:

Anônimo disse...

É a dicotomia razão x fé, é a constante dialética que suporta nossa existência.

Nilson Ares

Tito,o gay disse...

A filosofia acabou no seculo passado.
Tito, o gay

Chassi de Grilo O>- disse...

os mitos ainda são muito vivos, não só o mito do médico, o mito da ciência, mas os mitos fundadores da cultura, os aspectos ancestrais que até mesmo inconscientemente carregamos. até mesmo a cultura ocidental tecnológica e cientificista, lógica e pragmática, não perde suas ligações com entes mitológicos. acabam aflorando onde menos esperamos, e precebemos que às vezes precisam ser recriados.

Anônimo disse...

eu achei esse texto muito³ interessante, mas não conseguiu me ajudar no trabalho ¬¬'
entao façam textos mais aproveitáveis, tá!?


tchau ;*

Anônimo disse...

Excelente explanação!!! Parabéns mesmo!!! continue fazendo esses comentários, se não ajuda um, pode ajudar outros vários. Valeu mesmo!!!

JULIAN disse...

GOSTEI MUITO DA SUA TEMATICA, DESENVOLVEU BEM A TEMATICA O MITO ELE REALMENTE VIVE, E VIVE DENTRO DE NOS HUMANOS POIS É NATO DO SER HUMANO SE QUESTIONAR E CRIAR RESPOSTAS PARAS AS PERGUNTAS QUE A HUMANIDADE FAZ. O MITO ESTA DISPERSO POR TODOS OS LUGARES ESCOLAS TRABALHO IGREJA E EM NOSSAS CASAS ETC.

DuTT disse...

fantástico.

muito bom, o texto, amigo